Sacola de Compras

* Calcule seu frete na página de finalização.

* Insira seu cupom de desconto na página de finalização.

Um dos jogos mais clássico e divertidos para não deixar de ter um em casa. Excelente jogo para jogar com os amigos. É ótimo para desenvolver raciocínio e pensamento lógico, melhorar a atenção e habilidade matemática.
Hoyle
Product ID: 5094
Product SKU: 5094
Jogo Dominó Profissional De Osso 28 Peças

Jogo Dominó Profissional De Osso 28 Peças

Garantia: 7 dias após o recebimento do produto
Itens inclusos: Caixa de Lata , 28 pedras, Manual de regras

Jogo Dominó Profissional De Osso 28 Peças

Um dos jogos mais clássico e divertidos para não deixar de ter um em casa. Excelente jogo para jogar com os amigos. É ótimo para desenvolver raciocínio e pensamento lógico, melhorar a atenção e habilidade matemática. O jogo dominó pe milenar e não é atoa, é divertido e super completo e fácil de jogar.

Especificações:

Dimensões aproximadas da embalagem: 21x12x4cm
Dimensões das peças: 5cm de comprimento x 2,5cm de Largura x 0,9mm de espessura

Jogo Dominó Profissional De Osso 28 Peças

Curiosidades:

Há relatos do jogode dominó ter surgido na China e sua criação é atribuída a um santo soldado chinês chamado Hung Ming, que viveu de 243 a.C a 182 a.C.
A pedras tradicionais do dominós, conhecido como sino-europeu, é formado por 28 peças, ou pedras.
Cada facedo dominó é dividida em duas partes quadradas, ou "pontas", que são marcadas por um número de pontos de 1 a 6 ou deixadas em branco, para representar o zero.
Um jogo de dominós é equivalente a um baralho de cartas ou jogo de dados, que podem ser jogados em uma diversidade indeterminada de maneiras.

Regras e como jogar

No Brasil, a forma mais comum de jogar, é por quatro jogadores individuais, que receberão sete pedras cada um, pode-se também jogar entre duplas (4 jogadores 2x2), onde cada jogador recebe 6 ou 7 peças, ou jogar-se em 2 ou 3 jogadores com 6 ou 7 pedras cada um e o restante das pedras ficam para comprar no caso do oponente não ter a pedra da vez, o oponente deve comprar até que encontre a peça que possa usar, não se pode em nenhuma hipótese comprar peças a mais, ou seja continuar comprando pedras mesmo depois de ter pego a pedra que da vez (a que você passou), para não prejudicar os demais, se isso for realizado é considerado roubo e a partida é recomeçada, ao jogador que realizar esse "roubo" lhe será retirado 2 pontos. No estado de São Paulo - Brasil, é muito comum o jogo individual (quatro jogadores, cada um por si). Particularmente em Pernambuco e na Paraíba - Brasil, a forma de se jogar entre duplas é distinta. Cada um dos 4 jogadores recebe, em vez de 7, apenas 6 peças, ficando assim 4 peças fora do jogo, compondo o chamado "dorme".
Só no final de cada partida essas pedras do "dorme" são conhecidas.

O primeiro a jogar pode ser definido por várias regras:

O que tem a pedra 6x6 (sena, camburão, carroça, carreta, carrilhão, carreirão, carretão, bucha, dozão, carrão, bomba, dôbre, dublê) sempre começa a partida, ou
Quem sortear a peça mais alta antes de iniciar a primeira partida iniciará, as demais partidas iniciam no sentido anti-horário a partir deste jogador, ou
Sai com qualquer pedra quem ganhou a partida (queda) anterior, observando as peças dobradas (sena, quina, quadra, terno, duque, às, zero, carroça, barata, carreta, carrilhão, carretão, bucha, dozão, carrão, bomba, dôbre, dublê). Na maioria dos casos o jogo evolui no sentido horário, como a grande maioria dos jogos.
O objetivo é baixar todas as peças primeiro, ou fechar o jogo (menos habitual).[4] Jogar para o "fecha" não é modalidade comum nas mais nobres mesas de jogos, sendo permitido somente o "fecha" natural. Jogar no "fecha" forçado também é parte da estratégia, afinal você não vai abrir o jogo para outro "bater". Aquele que fechar o jogo forçadamente, terá que ter menos pontos que seus adversários obrigatoriamente, se empatar em pontos, também perde a partida.

Quem baixar todas as peças ganha os pontos da soma de todas as peças que sobrarem na mão do adversário (partida de cem pontos); ou ganha a mão (partidas de seis pontos).

O jogo fica fechado quando não é mais possível baixar peças, geralmente quando as duas pontas do jogo têm o mesmo número e não existem mais peças com este número na mão dos jogadores.

Quando o jogo fica fechado naturalmente, quem tiver menos pontos em peças na mão ganha e leva a pontuação em peças na mão do adversário, no caso de jogo por pontos.

Geralmente uma disputa de dominó é feita em várias partidas consecutivas e a dupla que acumular 6 pontos primeiro é a vencedora. Uma batida normal (em uma única "cabeça") vale 1 ponto, mesma pontuação quando o jogo trancar e acontecer a contagem, batida de "carroça" vale 2 pontos, o famoso "lá e ló" que significar bater com uma pedra simples nas duas pontas, vale 3 pontos, já o "lá e ló" de carroça, também chamada de "quadrada", "cruzada" ou "carroça cruzada" vale 6 pontos. caso algum jogador inicie o jogo com 4 carroças, as pedras são repostas na mesa, dando início a uma nova partida que valerá o dobro de pontos. caso saia com 5 carroças ganhará 1 ponto (a partida seguirá normal), caso saia com 6 ganhará a partida de imediato (fato este muito raro).

Quando há empate de pontos perdidos na mão, perde quem tiver o maior número de pontos na mão com a soma das pedras restante em seu poder,[4] nesse caso o double de "zero" valerá 15 pontos, se persistir o empate, quem perde é o que jogou por último. Se algum jogador que sofreu a batida terminou com o doble de zero, esse jogador ganha os pontos da batida.

Quando um jogador faz jogadas inócuas, impensadas ou tolas, causando claro prejuízo ao parceiro é denominado "Príncipe", forma amiga de cognominá-lo de 'Principiante', podendo este chegar ao título de "Rei" se permanecer jogando da forma não esperada, forma amiga de 'retardado'.

Caixa de Lata , 28 pedras, Manual de regras

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.

Características